O que é preciso para trabalhar no exterior

Foto de Nova York

Foto: Flickr / Robert Nyman

Post da Exame traz uma lista de coisas para se pensar antes de mudar para o exterior pensando em trabalho. Uma delas é que normalmente o funcionário vai ganhar menos e gastar mais para manter o mesmo nível de conforto.

A reportagem também compara os diferentes benefícios trabalhistas nos países do exterior. Um exemplo é que a licença-maternidade não é paga em lugares como os Estados Unidos. Por fim, a matéria cita o alto custo de vida de algumas capitais europeias, em especial no aluguel, o que faz muitos expatriados procurarem morar nas regiões de subúrbio.

Saiba mais no link:

http://exame.abril.com.br/revista-voce-sa/noticias/o-que-analisar-antes-de-decidir-trabalhar-no-exterior

j j j

Como ser mais inovador na sua empresa?

foto onde está escrito trabalho em inglês

Foto: Flickr / Mike Porcenaluk

O pesquisador canadense Salim Ismail publicou o livro Organizações Exponenciais, que trata sobre inovação em diversos aspectos. Para começar, o autor é um dos fundadores da Singularity University, uma recente e incensada escola de negócios nos Estados Unidos. Na obra, ele aponta as características de startups que estão mudando o mundo e examina os erros das companhias tradicionais. Para ele, organizações exponenciais são companhias que tem um melhor desempenho e está um passo à frente dos concorrentes.

Um dos exemplos é a fabricante de automóveis elétricos Tesla. Um câmbio de um carro de passeio, por exemplo, contém centenas de peças para montadoras tradicionais. No caso da companhia americana, o sistema tem apenas 17. Outro case de sucesso é o Airbnb, que deve ser tornar a maior cadeia de hospedagem do mundo. Isso sem ser dono de nenhum imóvel.

O canadense Salim Ismail aponta a Singularity também como exemplo a ser seguido. A faculdade já formou cerca de 3 mil pessoas de 85 países diferentes e apoia e auxilia projetos de alunos, ex-alunos e parceiros. Um deles é curioso: uma empresa está construindo carne em laboratório, o que, em tese, diminuiria o impacto ambiental da pecuária.

Este é só um exemplo de busca pela inovação. Quer saber mais? Confira o link original, editado pela revista Veja:

http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/inovacao-oferece-a-abundancia-de-que-o-mundo-precisa-diz-embaixador-da-singularity-university

j j j

O home office é uma alternativa segura?

Foto: Flickr / Fabrice Florin

Foto: Flickr / Fabrice Florin

Post do site Vagas mostra que cada vez mais empresas estão aderindo a essa modalidade, que já não é novidade e inclusive tem leis que regulamentam esse tipo de atividade. A matéria mostra quais os perfis ideais de funcionários que podem aderir ao sistema.

Para começar, o artigo mostra que trabalhar de casa tem seu lado bom e ruim. Se de um lado pode aumentar a produtividade, em alguns casos pode deixar o profissional isolado e esquecido – tanto dos colegas, como da chefia. O grande desafio é realizar a troca diária de informações com líderes e gestores, uma tarefa essencial neste esquema.

O site destaca que é necessária uma boa dose de autoconhecimento para aderir ao home office. Para isso, o funcionário deve ter foco, ser uma pessoa direta, assertiva, comunicativa e que preze pelos detalhes.

Ficou interessado no home office? Leia mais no artigo do Vagas.com.br: http://www.vagas.com.br/profissoes/acontece/no-mercado/home-office-uma-alternativa-no-mundo-corporativo

j j j

Os segredos para pequenas empresas terem sucesso?

Foto de uma calculadora azul

Foto: Flickr

O especialista Gary Hamel foi ouvido pelo jornal americano Los Angeles Times e mostra quais são os caminhos para se ter sucesso quando você é microempresário. Para ele, o desafio está em saber como alcançar a inovação, especialmente para donos de empresas pequenas que conhecem produtos, serviços e o mercado em que estão atuando. Entre as dicas, o consultor recomenda ser fiel à realidade, fazer uma boa pesquisa e não desistir facilmente.

Coletar dados é muito importante. Somente com essa etapa o empresário pode decidir se o seu produto, serviço ou ideia realmente vai ter realmente sucesso. A dica básica é pesquisar seu mercado entre diversos grupos demográficos, e perguntar às pessoas o que elas acham da sua ideia.

Outro fato essencial é estar consciente dos custos para não gastar dinheiro onde não precisa. E, sempre que possível, manter o negócio enxuto. Um exemplo é não contratar mais pessoas do que o necessário. E talvez terceirizar pequenos trabalhos que não são o foco da sua empresa.

Nesta mesma linha, é imprescindível economizar nos custos em aluguel. Se você pode desempenhar as mesmas funções em casa; faça-as na sua sala ou escritório. Se você for lançar um produto, fique atento à questão da embalagem: ela é cartão de visitas do seu negócio. Para quem trabalha com serviços, é interessante ter um bom site e uma apresentação digital eficiente.

O consultor aconselha aos empresários serem realistas. Mesmo um grande produto precisa ser bem trabalhado para obter mercado e cair nas graças dos consumidores. A dica final é ser persistente, já que sempre surgem obstáculos em seu caminho.

Leia na íntegra (em inglês):
http://www.latimes.com/bp/la-ara-21716-expert-tips-to-help-small-businesses-innovate-their-way-to-success-20150505-adstory.html

j j j

Como organizar o orçamento familiar

Foto de moedas sobre uma mesa

Foto: Flickr/Vintage Coin Steps

 

Confira dicas para equilibrar desejos e manter a balança financeira de maneira organizada. Uma das sugestões é convidar os familiares a cooperar com o processo financeiro da família. Outra recomendação valiosa é anotar todos os gastos. Eu falei TODOS os gastos: desde o mecânico até o cafezinho. Isso ajuda a ter um panorama completo e lembrar onde foi parar o dinheiro que estava na carteira ou no cartão de crédito.

Estabelecer prioridades e limites de gastos parece meio óbvio, mas é algo importante a perseguir. Assim como acompanhar semanalmente se os gastos estão sendo empregados da forma correta. É importante poupar também, e, de preferência, planejar compras com antecedência. Não ceda à vontade de comprar por impulso – isso pode estragar todo o planejamento.

Ficou curioso sobre esta matéria? Acesse o link original:

http://minhaseconomias.com.br/blog/controle-financeiro/5-dicas-para-organizar-o-orcamento-familiar

j j j

Como estudar melhor

Foto: Appunti (Flickr)

Foto: Appunti (Flickr)

Quem acompanha o Capital de Ideias sabe que gosto de uma lista. A fonte desta vez é o site Rede de Cursos, que preparou alguns tópicos sobre como estudar melhor. Isso é muito útil para quem está buscando passar no vestibular ou mesmo terminar o projeto final da pós-graduação e mestrado.

Uma das primeiras dicas é criar o hábito de estudar e deixar todo o material muito próximo do local de estudos. Isso pode aumentar a chance de você não se distrair. Também é recomendado tentar tirar todas as dúvidas com professores e tutores.

Mudar a alimentação é um importante método para o sucesso. O Rede de Cursos recomenda uma dieta para os dias de prova: peixes magros, linhaça, frutas amarelas e cítricas, muita água e chocolate amargo. São alimentos que ajudam a manter a concentração.

Outra dica é não estudar mais de quatro horas seguidas; isso pode atrapalhar o entendimento das questões. Por isso, tirar uma soneca pode ser uma opção. Sempre, sempre, sempre faça anotações de tudo, especialmente das dúvidas que podem surgir com as leituras.

E mais uma boa recomendação: é impossível estudar com Facebook, Instagram e Twitter, já que as redes sociais podem ser um caminho para a procrastinação. É melhor ter o hábito de usá-las somente em alguns momentos do dia, que pode ser antes e depois do estudo.

 

Quer saber mais? Acesse o link:

http://www.rededecursos.com.br/vestibulares/10-dicas-para-melhorar-seu-rendimento-nos-estudos.

j j j

Várias coisas para fazer todo dia e ficar mais esperto

Foto: Photopin

Foto: Photopin

 

Um post do site americano Lifehack mostra uma lista de coisas bacanas para você fazer todo dia para ficar mais esperto. Seria isso possível ou é mera embromação?

Analisando com cuidado, algumas dicas são realmente interessantes. A matéria ensina que pequenas tarefas podem aumentar o seu conhecimento. Umas sãos bem óbvias: ler o resumo de um livro (em qualquer horário) e praticar a leitura em vez de assistir televisão.

Outras já requerem um certo conhecimento, como ouvir um podcast de um tema que você tenha afinidade. Até mesmo assistir qualquer palestra do TED enquanto se está cozinhando. Por fim, a lista traz atividades que parecem fazer oposto: tirar uma soneca (uma vez por dia) e ver alguns memes na internet (várias vezes, uma boa desculpa para abrir o Facebook no trabalho).

Algumas das ações são controversas: a reportagem recomenda beber dois copos de água 30 minutos depois de acordar. Nesta mesma pegada, a pessoa fica mais esperta se beber chá enquanto trabalha, ao passo que deve evitar açúcar ao máximo. E uma especial para os gamers: é interessante pensar que jogar no computador ou console cria mais ‘músculos’ no cérebro do que ver um filme ou série.

Em resumo, para pensar de maneira esperta são necessárias três coisas:

1. Treinar o processo de pensar,
2. Estar repleto de informação interessante,
3. Ter foco num problema ou ideia.

Confira a lista completa (em inglês):
http://www.lifehack.org/articles/productivity/17-small-things-every-day-much-smarter.html

j j j