Será que o futuro é open source?

Foto de uma placa de computador usada

Foto: Flickr / Alex Steiner

Vamos responder essa pergunta com duas matérias da revista americana Wired. O primeiro artigo mostra que até a Apple – conhecida pelo uso de plataformas proprietárias – está aderindo ao opensource nos seus sistemas. Para ser mais específico, a companhia está lançando uma nova linguagem de programação chamada Swift. E essa nova plataforma é aberta, o que deve ser um motivo de comemoração para desenvolvedores.

E a Apple não está sozinha nesta briga. A Microsoft recentemente abriu o código do framework .Net. O Google tem sob a sua tutela linguagens de programação como o Dart e a GO. O Facebook está experimentando com o Hack e D. Até a Mozilla está criando a linguagem Rust.

A segunda reportagem da revista analisa a revolução do GitHub, site que hospeda códigos de aplicativos. A publicação mostra que a preferência de desenvolvedores é claramente o modelo de código aberto.

Confira um trecho do post: “Como pessoas que antes eram apenas os usuários se tornam produtores, eles estão remodelando a cultura de código aberto. O GitHub está fazendo para o código aberto que a internet fez a indústria editorial: é a criação de um fosso cultural entre duas gerações”.

Confira mais nos links abaixo:
http://www.wired.com/2015/06/open-sourcing-no-longer-optional-not-even-apple
http://www.wired.com/2013/03/github

 

Deixe um Comentário

5 × 4 =